Oscar

Ok, vamos falar de Oscar. A noite do careca foi ontem. Acho que foi o primeiro Oscar da minha vida que eu gostei... Os prêmios foram justíssimos. "No country for old men", que eu indiquei aqui no blog quando assisti, levou o prêmio de melhor filme! Além de direção e roteiro para os irmãos Coen e ator coadjuvante para o Javier Barden, a mais nova bola da vez em Hollywood... O cara é bom, desde Mar Adentro... Tudo muito merecido para esse filme. Cinema com C maiúsculo!

Mas, mais merecido ainda achei o prêmio para o Daniel Day Lewis. Quem me conhece sabe que sou fã do Johnny Depp, mas concorrer com o charmoso e ultratalentoso britânico é covardia. Day Lewis é um daqueles atores que me fazem querer voltar a atuar... O prospector de petróleo Plainview, de "There will be blood" é simplesmente uma pessoa que existe. Está lá na casa dele agora...rs. Não é o ator. É realidade. O Wilker disse ontem que ele incorpora o personagem. Pra mim é mais que isso. É algo mais artaudiano... Daniel Day Lewis é uma pessoa, Daniel Plainview é outra (comparem as fotos acima). Em momento algum vi o ator no filme, e sim aquele senhor enlouquecido pela riqueza negra que vem das profundezas. Esses são os grandes atores... O Brasil está perdendo muitos atores assim, que envelhecem e morrem. Os novos precisam aprender muuuuuuuito ainda, de técnica tb, mas de desprendimento de si e de humanidade. Onde eles estão por aqui? Onde está o ator escondido no Selton Melo? Em Lavoura ele chegou perto, mas ainda tinha cara de Selton Melo... Onde estão os Rubens Correas atuais?

Bom, continuando sobre o Oscar, ainda não assisti "Piaf". Mas aquela francesa parece mesmo ter merecido o prêmio de atriz. Vou assistir. E a Cate Blanchet estava linda grávida... E ela foi o Bob Dylan...uau! Quero ver isso. Será que ela é uma atriz não atriz tb, que nem o moço aí em cima? Acho que sim, mas preciso ver mais filmes com ela.

Fui...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

poesia de domingo

Um cisne em voo solo - carta para Stefania

Phoenix, um poema