alegria

sou líquida
derreto...
consumo o sabor da vida
e me enlouqueço de viver

com você, com o mundo, a água e as estrelas
a alegria me enebria deliciosamente

acordo
e tudo é uma grande novidade
e psicodelia

algo renasce, nasce?
algo nasceu em mim
e não cabe mais em mim

escorre, inunda o mundo
explode tudo que mata
destrói cada palavra que fere
atinge a tudo que sufoca e apequena
aos deploráveis egoístas

a alegria é uma grande arma
lutemos!

quem com a vida e o desejo
briga incessantemente
morre...

e mata

sendo incapaz de suportar o riso
a cor, o brilho de quem vive o mundo
como um grande quintal

Comentários

Postagens mais visitadas