divagações extemporâneas 345

trabalho no prédio que foi o primeiro hospício do Brasil. tinha que ser eu... hora de ler pra valer a história da loucura do amado careca. os fantasmas dos louquinhos continuam por lá para nos lembrar que "a anarquia é sempre uma possibilidade". uma deliciosa possibilidade! e que a repressão do corpo é a morte. loucos vem se encontrando, poderosos encontros esses. vinhos chegam para celebrarmos!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

poesia de domingo

Um cisne em voo solo - carta para Stefania

Phoenix, um poema