Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

poesia para a vida

o brilho dos olhos... vai embora como cachorro desprezado se a gente não cuida de manter as paixões
--------
de repente um dia você acorda e o mundo começa a existir
mas aí já é tarde e só te resta aposentar o corpo
morre antes guri, pra não ver que perdeu a vida ou trate de viver agora que o sonho já está logo ali quando você virar a esquina, ele acenará
--------
a alegria se inscreve por si mesma portanto, procurá-la, é passatempo das fraquezas é ela quem vem de encontro não se acha na gaveta, nem na mala, nem num canto
quem espalhou que a dúvida é benefício é porque cedeu a mão ao medo e esqueceu que a alegria não duvida
medo de ir exatamente onde se deve ir - e exato não é preciso mesmo que esse onde deixe de ser depois aquele onde de agora - que é somente um onde do instante, para se tornar o que já foi e não é mais
há coisas que não podem prolongar-se pois não há prolongamento possível àquilo para o qual já é necessário empenhar esforço, isso que não conhece a alegria
quando esticadas à força perdem a c…