Hoje a poesia se tornou calma
A vida está de novo em minhas mãos
Ela que tanto deu voltas
E se lançou no vento, enfraquecida

Hoje eu sou a dona do tempo
E da minha própria história
E construirei um mundo incrível a partir de agora

Meu corpo é só meu e guia do meu rumo
E dentro dele tem o universo
E meu amor...
Esse
É do mundo

Comentários

Postagens mais visitadas