sendo


não queira me entender
não queiram, nenhum de vcs
perderão seus preciosos tempos
que deveria alimentar de amor seus corações
dizem por aí que meu nome é aventura
eu digo que é ansiedade e dúvida
nada me conforta mais que a certeza
ainda que ela dure um segundo
é por esses segundos de certeza que eu vivo
e por aqueles que consigo esticar para durarem mais
são eles que me movem
a arriscar viver o agora
por isso, não adjetive tão cedo
não queira dar explicações
a única explicação é que sou como vc
infinita, iluminada e cheia de deus
como qualquer ser humano
apenas desejando a alegria
que seja por um minuto
por uma noite, um dia
por uma daquelas eternidades momentâneas
que nos dão energia pra continuar a gargalhada
não queira me entender
é preciso aprender a só ser

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

poesia de domingo

Um cisne em voo solo - carta para Stefania

Phoenix, um poema