o mar e a música


paixão:
bom ou mau movimento da alma,
diz o dicionário...
amor excessivo, entusiasmo, predileção.

me dê uma música para cantar
e um veleiro para navegar
que eu crio um mundo!

paixão!

e nada é capaz
de depor minha alegria

tesão!

aproxime de mim um corpo
a exalar amor sonoro
faça conversar com minha alma
toda a experiência de ser música
no próprio corpo!...

que morro de amor
em ser humana

traga para mim ventos do mar sem fim
entenda o que diz as ondas
e o profundo mundo do azul
e verás a mais feliz das criaturas do planeta

eu, Vanessa

metade da alma música
metade da alma maresia

corpo presto
barco maestro
corpo do gesto da poesia

dê-me um barco, poeta
dê-me um piano e a nota certa,
qualquer ela,
que danço a dança da criação

que danço tudo:
o sagrado
o profano
o tesouro dos Nibelungos

e me dê um sorriso sincero
que eu faço música pra você
e lhe dou toda a vida que quero

esbanje afeto e amor
que construo um barco
para navegar pra lá do Bojador

no mar sem fim do mundo
no mar sonoro que faz mágica
em rápida velocidade por segundo

porque sinto sempre o ar rarefeito da terra...
e busco, sem medo do profundo,
o mar e a música do mundo

mergulho neles, sem nome...
em busca da lealdade perdida dos homens

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

poesia de domingo

Um cisne em voo solo - carta para Stefania

Phoenix, um poema