a poção infinita

chore amiga,
chore

que a tua dor é a dor de todos nós!

chore toda essa dor
que corrói as tuas vísceras
e debulhe cada pedaço do sonho que se foi

chore!
pois se choras no agora
tão rápido se vai a dor
para mais rápido voltar o amor

é que o mundo é uma curva

um dia, o que procuras,
novamente te encontrará

chore e esgote as lágrimas
elas passarão, e você, passarinho

e construa, só, o seu próprio ninho

o amor se torna ainda maior
quando é de nós mesmos
que cuidamos primeiro

chore
e deixe que a tua dor
espalhe pelo mundo
como vale a pena o amor

pois tudo vale a pena, pequena
tua alma é tão grande!

e tuas lágrimas são férteis
carregadas da potência
do que não mais pode ser
porque será outra coisa um dia

mais certa...
quem sabe, mais inteira

o amor sempre retorna
com o seu cheiro de flor de laranjeira

um dia, como quem não quer nada,
você abrirá a porta
e lá estará...

o inesperado!

chore

e se fortaleça!

a força da nossa solidão
é mais forte que qualquer
certeza alheia

chore amiga!
e depois esqueça

o mundo é grande
e sempre caberá
no breve espaço do beijar

pois desde Tristão e Isolda
todo dia é a mesma coisa

em cada canto do planeta
um amor termina
e em todo ele, também,
novas almas compõem novas rimas

e renovam o amor!

chore
e depois dance...

como bailarina!

Comentários

Postagens mais visitadas