infinito

tenho um amigo que diz que somos a consciência do universo, e que esta é a religião dele. ele é fascinado por física e astronomia, e sempre temos papos deliciosos sobre filosofia e cosmos... sempre tive dentro de mim esta certeza, mas nunca havia conseguido verbalizá-la com tamanha clareza como ele, um virginiano, fez. adotei para mim sua máxima! cada ser humano é o universo pensando sobre ele mesmo. e a criação é uma das maneiras com a qual podemos ter esta certeza. fiz um poeminha sobre isto:

infinito
dedicado à Gustavo Castro

cada um de nós
é, inteiro, o universo
pensando sobre si mesmo

a criação não é conexão
porque o que somos já é

ela é a certeza do infinito 
que começa e termina
em nosso próprio pé

Comentários

  1. Só com a primeira frase do texto já sabia que era o Gustavo. Ser virginiano só confirmou. Rs.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

poesia de domingo

Um cisne em voo solo - carta para Stefania

Phoenix, um poema